Portal do IPCO
Plinio Corrêa de Oliveira
IPCO em Ação

Acesse sua conta

Logo do Instituto Plinio Corrêa de Oliveira
Instituto

Plinio Corrêa de Oliveira

09/11 – Dedicação da Basílica de São João de Latrão

Foto: Instituto Plinio Corrêa de Oliveira
Por Instituto Plinio Corrêa de Oliveira

há 2 anos2 min


A fundação da basílica do Latrão remonta à época de Constantino, logo a seguir às últimas perseguições. O palácio Laterani, no monte Célio, pertencia então a Fausta, mulher de Constantino. Tendo-se convertido, o Imperador deu-o ao Papa para sua residência, e fundou junto dele a igreja do Latrão, que se tornou assim como que a catedral de Roma, e mãe de todas as igrejas do mundo. Foi consagrada pelo papa São Silvestre em 9 de novembro de 324 e dedicada ao Santíssimo Salvador. Tem por título a Transfiguração. No século XII deram-lhe um segundo titular, São João Batista, cujo nome estava ligado ao antigo batistério anexo à igreja. Devido ao culto aos dois São João, São João Batista e São João Evangelista introduzido pelos Papas, adveio-lhe o nome atual de São João de Latrão.

A basílica foi destruída, mas depois restaurada por Sérgio III (século X), e consagrada bem mais tarde por Bento XIII (1726).

Era na basílica e no palácio do Latrão que se reuniam os concílios romanos, muito frequentes em certas épocas. Foi assim que aí se reuniram cinco concílios ecumênicos. Nessa basílica também tem lugar a estação nos dias mais solenes do ano litúrgico, e se conferem as ordens sacras e o batismo no dia da Páscoa.

O palácio de Latrão foi residência dos Papas até o século XIX.

Entre as relíquias mais ou menos autênticas que se mostram nessa basílica, está a mesa em que Nosso Senhor Jesus Cristo celebrou a Última Ceia, o copo do qual São João Evangelista bebeu o veneno que lhe deram, saindo ileso, além das cabeças de São Pedro e São Paulo, com um pedaço do manto de púrpura que os soldados de Pilatos colocaram sobre os ombros do Salvador.

Detalhes do artigo

Autor

Instituto Plinio Corrêa de Oliveira

Instituto Plinio Corrêa de Oliveira

2520 artigos

O Instituto Plinio Corrêa de Oliveira é uma associação de direito privado, pessoa jurídica de fins não econômicos, nos termos do novo Código Civil. O IPCO foi fundado em 8 de dezembro de 2006 por um grupo de discípulos do saudoso líder católico brasileiro, por iniciativa do Eng° Adolpho Lindenberg, seu primo-irmão e um de seus primeiros seguidores, o qual assumiu a presidência da entidade.

Categorias

Tags

Comentários

Seja o primeiro a comentar!

Tenha certeza de nunca perder um conteúdo importante!

Artigos relacionados