Portal do IPCO
Plinio Corrêa de Oliveira
IPCO em Ação

Desmascarada a Infiltração do Lobby LGBT na Igreja

O livro "Uma Brecha na Barragem" revela como grupos dentro da Igreja estão agindo deliberadamente para fazer uma revolução, buscando até mesmo alterar o Catecismo e desafiando a Deus!

Tenha ACESSO ao livro

Entenda porque há tantos padres homossexuais na Igreja.

Descubra como teólogos estão justificando a homossexualidade no plano divino.

Aprenda a Resistir Sem Erros: A abordagem correta para os católicos.

Capa do livro: Uma brecha na barragem

A infiltração de ideologias contrárias à doutrina tradicional da Igreja Católica tem sido uma preocupação crescente. Com documentos como a Fiducia Supplicans, que autoriza bênçãos para duplas homossexuais e casais irregulares, muitos fiéis se perguntam como isso afeta os ensinamentos e a integridade da Igreja.

Os católicos ao redor do mundo estão confusos e desorientados com essas mudanças. A aceitação dessas práticas, anteriormente condenadas, levanta questões sobre o verdadeiro significado da fé e da moralidade dentro da Igreja. A sensação de traição e a falta de clareza espiritual causam um grande mal-estar entre os devotos.

"Uma Brecha na Barragem" é uma obra essencial que desmascara a infiltração LGBT na Igreja Católica. Escrito por José Antonio Ureta e Julio Loredo de Izcue, o livro oferece uma análise profunda e detalhada de como grupos de pressão têm influenciado a doutrina da Igreja. Com testemunhos e documentos históricos, o livro propõe um retorno à verdadeira doutrina e proporciona aos fiéis uma compreensão clara do que está em jogo, ajudando a restabelecer a fé e a confiança na Igreja.

Quero o livro

repercussões

O que diz quem leu o livro

O livro foi lançado no final de maio e tem chegado muitos comentários e repercussões sobre ele.

Obrigado por ter-me informado sobre a publicação do pequeno volume Uma brecha na barragem – A Rendição de Fiducia Suplicans ao Movimento Homossexual. Parabéns a José Antonio Ureta e Julio Loredo pela publicação deste importante estudo.

Raymond Leo Burke — Cardeal

Minhas orações com certeza, e minha ajuda para fazer a publicidade, especialmente quando aparecer em francês

Don Claude Barthe — Teólogo

Oportuno esclarecimento fornecido pelo livro Uma brecha na barragem, [...] que demonstra plenamente como Fiducia Supplicans é fruto de um processo impulsionado dentro da Igreja Católica por um grupo de pressão muito bem organizado.

Dom Rob Mutsaerts — Bispo auxiliar de 's-Hertogenbosch, Países Baixos

Prezado, Obrigado pelo envio do texto de análise sobre Fiducia Suplicans. Estou profundamente grato e feliz por este trabalho tão competente e urgentemente atual dos Srs. Ureta e Loredo. Uma louvável contribuição da TFP para o bem de toda a Igreja. Com a bênção para este trabalho e com as minhas cordiais saudações em Jesus e Maria,
+ Athanasius Schneider!

Mons. Athanasius Schneider — Bispo auxiliar de Astana, Cazaquistão

Depois das declarações de Bergoglio, podemos dizer que “o rei está nu”, e o seu livro é muito atual.

Padre Nicola Bux — Conselheiro de Bento XVI

Muito obrigado por este excelente material. Nesta parte do mundo ninguém sabe o que pensar a respeito, depois das infelizes e vulgares palavras com que o Papa se referiu aos critérios de admissão aos seminários. Quanto a mim, rezo muito, como sempre, mas com maior fervor, pelo Santo Santo Padre e pelo bem de Sua Igreja. É claro que os recomendarei ao Senhor e à nossa Mãe Santíssima em minhas orações e principalmente diante do Altar.

Superior Regional — Uma importante congregação religiosa

Não estamos lidando aqui com uma teoria da conspiração. Ureta e Loredo reconstroem a revolução homossexual dentro das estruturas eclesiais, citando nomes e fatos precisos desde a década de 1970 até os dias atuais. Em 1986, sob João Paulo II, o Cardeal Ratzinger, Prefeito da Congregação para a Doutrina da Fé, tentou deter esta ofensiva com a sua Carta aos Bispos da Igreja Católica sobre a Pastoral das Pessoas Homossexuais. Seguiram-se outros documentos, mas com o pontificado do Papa Bergoglio as paredes da barragem começaram a rachar. A Declaração Fiducia Supplicans representa o coroamento deste processo de subversão.

Roberto de Mattei — Diretor de Corrispondenza Romana

[Este livro] não foi escrito com caneta ágil, como se fosse um romance, devido à evidente preocupação dos autores em permanecerem objetivos e bem documentados. [...] Em Uma brecha na barragem, Ureta e Loredo argumentam que os católicos devem permanecer firmes em um inflexível non possumus, porque “devemos obedecer a Deus e não aos homens” (Atos 5:29).

Luigi Casalini — Publicado no blog "Messa in Latino"

Caro diretor, já li quase tudo. Congratulo-me pela publicação, que considero útil e oportuna. Avalia muito bem a situação. Obrigado por me terem enviado e cordiais cumprimentos.

Marcello Pera — Filósofo, ex-presidente do Senado, Coautor com o Cardeal Joseph Ratzinger de Senza Radici – Europa Relativismo, Cristianesimo, Islam

Muito obrigado por enviar-me o PDF do livro - parece realmente excelente. Graças ao Senhor pela TFP - quem estaria defendendo a Igreja e o bem do homem se vocês não estivessem lá fazendo isso?!

Edward Pentin — Jornalista

O livro apresenta-se de forma acessível, acompanhado de “janelas” com explicações de termos e conceitos, e é muito rico em informações sobre nomes, iniciativas, publicações e acontecimentos relacionados à história da homoheresia.
Destaca-se por demonstrar que o processo tem raízes antigas, que atualmente é em grande parte interno à Igreja e visa transformar o julgamento moral da homossexualidade de negativo para positivo. Esta mudança representa uma revolução profunda e abrangente na Igreja Católica. Em última análise, o objetivo final é mudar o Catecismo da Igreja Católica.

Prof. Stefano Fontana — Filósofo, Diretor do Observatório Cardeal Van Thuan

Alguns sites que comentaram o livro

Vários sites postaram artigos, análises ou comentários sobre o livro Uma brecha na barragem. Colocamos aqui alguns desses sites.

The Vermilion

The Vermilion

The Catholic World Report

The Catholic World Report

Stilum Curiae

Stilum Curiae

Messa in Latino

Messa in Latino

Life Site News

Life Site News

Índice do livro

  • Prefácio

  • Introdução

    Página 11

  • Capítulo I: Abençoar casais homossexuais contradiz a Revelação e a Tradição

    Página 17

  • Capítulo II: Fiducia supplicans choca o sensus fidei de cardeais, bispos e leigos, e recebe aplauso do lobby LGBT

    Página 23

  • Capítulo III: Objetivo LGBT: infiltrar a Igreja com a “homoheresia”

    Página 27

  • Capítulo IV: Uma “Quinta Coluna” teológica abre fogo contra o ensino tradicional

    Página 33

  • Capítulo V: “Católicos LGBT” saem do armário para influenciar o debate

    Página 53

  • Capítulo VI: A Igreja entre as tenazes do desafio e da chantagem

    Página 59

  • Capítulo VII: A Santa Sé reitera que atos homossexuais são “depravações graves”

    Página 67

  • Capítulo VIII: As muralhas da represa começam a rachar...

    Página 75

  • Capítulo IX: A “inclusão radical”, pretexto para tentar mudar a doutrina da Igreja no Sínodo

    Página 87

  • Capítulo X: O primeiro passo da “inclusão radical”: a bênção de pseudo-casais homossexuais

    Página 93

  • Capítulo XI: Meta final: mudar o Catecismo da Igreja Católica

    Página 103

  • Conclusão

    Página 113

Autores do livro

José Antônio Ureta

José Antônio Ureta

Nasceu em Santiago do Chile, em 1951. Membro fundador da Fundación Roma, uma das organizações pró-vida e pró-família mais influentes do Chile, é também membro sênior e pesquisador da Sociedade Francesa de Defesa da Tradição, Família e Propriedade e do Instituto Plinio Corrêa de Oliveira em São Paulo, Brasil. É autor de A "mudança de paradigma" do Papa Francisco: Continuidade ou ruptura na missão da Igreja?, que faz um balanço dos primeiros cinco anos de seu pontificado. Participa também da Academia Internacional João Paulo II para a Vida Humana e Família.

Julio Loredo de Izcue

Julio Loredo de Izcue

Nasceu em Lima, Peru, em 1955. É membro fundador da associação Tradición y Acción por un Perú Mayor. Em 1974, com apenas 19 anos de idade, ele e seus colegas de Tradición y Acción foram obrigados a se exilar, após receberem ameaças públicas e diretas do governo do ditador socialista general Velasco Alvarado. Em seguida, ajudou a difundir os ideiais da Tradição, Família e Propriedade em outros países da América Latina e da Europa como formador de jovens, jornalista, escritor, palestrante e professor universitário. Vive na Itália desde 1994 e ali preside a associação Tradizione Famiglia Proprietà. É autor do livro Teologia da Lbertação, um salva-vidas de chumbo para os pobres, que explica como o marxismo se infiltro na Igreja Católica.

Tenha acesso ao livro

Escolha a opção que mais lhe agrada

Apoiador

Grátis

Para aqueles que querem apoiar e ler digitalmente.


  • Receba o PDF no seu e-mail

Quero ser um Apoiador

Mais Popular

Divulgador

R$

30,00

Frete incluso

Para aqueles que querem ter uma cópia física e ajudar na divulgação


  • Receba o PDF no seu e-mail

  • Receba o livro na sua casa

Quero ser um Divulgador

Financiador

R$

70,00

+

Para aqueles que querem contribuir de forma significativa e receber recompensas exclusivas.


  • Receba o PDF no seu e-mail

  • Receba 2+ livros na sua casa

  • Receba brindes exclusivos

  • Doe 200 reais ou mais e receba um diploma bonito em reconhecimento pela sua importante participação na campanha. Seu nome também será incluído na vigília de orações diária dos membros do IPCO.

1

Contato

2

Valor

3

Quantidade

4

Doação e endereço

Nota: Ao inserir seu e-mail, você aceita receber atualizações do IPCO.

Você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento.

* * *

Os autores não têm a intenção de difamar ou menosprezar ninguém, nem os move um ódio pessoal contra qualquer indivíduo. Ao se oporem intelectualmente a pessoas ou organizações que promovem a agenda LGBT dentro da Igreja, sua única intenção é defender a doutrina católica sobre castidade e matrimônio.

Católicos praticantes, têm eles muito respeito por aqueles que lutam contra a atração pelo mesmo sexo, ao mesmo tempo que rezam pelos que caem no pecado homossexual devido à fraqueza humana. Porém, estão plenamente conscientes da enorme diferença entre esses primeiros e aqueles que fazem de seu estilo de vida homossexual um motivo de orgulho e tentam impor sua aceitação à Igreja Católica.

Ao fazer tudo que a lei moral e civil permite para bloquear tais esforços, eles rezam também pelos ativistas radicais que promovem a agenda LGBT e pelas autoridades eclesiásticas que vêm cedendo ao seu lobby.