Portal do IPCO
Plinio Corrêa de Oliveira
IPCO em Ação

Leve Esperança ao Sul: Ajude a Distribuir 30.000 Medalhas Milagrosas

“Esquerda católica” usa os pobres como massa de manobra para incitar luta de classes marxista

Dois estilos de fazer caridade: Na América Central, sacerdote da “esquerda católica” distribui a comunhão mascarado e com armas na cintura. Na ilha de Madagascar, religiosas Filhas da Caridade ensinam o bordado a moças.


“Esquerda católica” usa os pobres como massa de manobra para incitar luta de classes marxista

Na América Central, sacerdote da “esquerda católica” distribui a comunhão mascarado e com armas na cintura

Todos entenderiam que a “opção preferencial pelos pobres”, tão alardeada pela “esquerda católica”, houvesse de trazer um incremento às obras de caridade já existentes no País, e a fundação de outras e outras mais. Pois optar pelos pobres importa em ajudá-los… ou não significa nada.

Muito pelo contrário, o número de obras de caridade católicas vem diminuindo. Para isso, sem dúvida, a “esquerda católica” tem resposta pronta. Consiste em dizer que o empenho pelos pobres mudou de estilo e de campo.

Na ilha de Madagascar, religiosas Filhas da Caridade ensinam o bordado a moças.Na ilha de Madagascar, religiosas Filhas da Caridade ensinam o bordado a moças.

De estilo: vai deitando cada vez menos ênfase nas obras de assistência social e de caridade, e vai deitando cada vez mais empenho na “conscientização” dos descontentes, na aglutinação deles e nos subsequentes movimentos de agitação de massas.

De campo: importa isto no paulatino abandono da caridade, em benefício do incitamento à tensão e à luta. De que luta? Obviamente, da luta de classes… bem no estilo das Comunidades Eclesiais de Base.

Só no estilo delas? Obviamente não, mas também no de Karl Marx, o implacável detrator da caridade cristã e doutor da luta de classes.

Ai, Deus! Como isto tudo é óbvio. Doloridamente, tragicamente óbvio.

* * *

Excertos do artigo do Plinio Corrêa de Oliveira para a “Folha de S. Paulo”, em 24 de outubro de 1982.

Detalhes do artigo

Autor

Plinio Corrêa de Oliveira

Plinio Corrêa de Oliveira

555 artigos

Homem de fé, de pensamento, de luta e de ação, Plinio Corrêa de Oliveira (1908-1995) foi o fundador da TFP brasileira. Nele se inspiraram diversas organizações em dezenas de países, nos cinco continentes, principalmente as Associações em Defesa da Tradição, Família e Propriedade (TFP), que formam hoje a mais vasta rede de associações de inspiração católica dedicadas a combater o processo revolucionário que investe contra a Civilização Cristã. Ao longo de quase todo o século XX, Plinio Corrêa de Oliveira defendeu o Papado, a Igreja e o Ocidente Cristão contra os totalitarismos nazista e comunista, contra a influência deletéria do "american way of life", contra o processo de "autodemolição" da Igreja e tantas outras tentativas de destruição da Civilização Cristã. Considerado um dos maiores pensadores católicos da atualidade, foi descrito pelo renomado professor italiano Roberto de Mattei como o "Cruzado do Século XX".

Categorias

Tags

Comentários

Seja o primeiro a comentar!

Comentários

Seja o primeiro a comentar!

Tenha certeza de nunca perder um conteúdo importante!

Artigos relacionados