Portal do IPCO
Plinio Corrêa de Oliveira
IPCO em Ação

Leve Esperança ao Sul: Ajude a Distribuir 30.000 Medalhas Milagrosas

A Nova Ordem Mundial, uma velheira (1941) e seus profetas de desgraças. A reconstrução do Brasil (IV)


Nova Ordem Mundial ou velheira dos anos 40?

Nosso site tem abordado os erros da Quarentena socialista de tantos de nossos governadores petistas ou do falso Centrão e a tentativa da Revolução (*) de implantar a chamada Nova Ordem Mundial. https://ipco.org.br/o-brasil-pos-coronavirus-organicidade-sim-quarentenas-socialistas-nao-iii/

E, como “um abismo atrai outro abismo”, as forças da Revolução pretendem se servir da pandemia para cavar novo precipício: a nova ordem mundial mais socialista, mais dirigista, mais ateia e igualitária.

Uma velheira que vem dos anos 40: a nova ordem mundial

O que a Revolução (*) tem de novo? Ele repete seus erros. Nos fins da Segunda Guerra já se esboçava a ideia de uma nova ordem mundial. Também ela, socialista, igualitária e anticristã.

Ernest Bevin, ministro socialista inglês, 1941

Publicou o Legionário em 1941: “Agora, na Inglaterra, o sr. Ernest Bevin, chefe socialista e ministro do trabalho, afirmou que os ingleses se devem preparar para uma “nova ordem mundial”, de caráter proletário e sem distinção de classes, devendo desaparecer, portanto, a tradicional organização social inglesa, o que é a mesma coisa que augurar a morte do “gentleman”.”

“Diante deste desregramento de espírito universal, que almeja destruir toda a estrutura viva da sociedade, para transformá-la em massa homogênea e plástica, que possa ser colocada, sem resistência, numa organização mecânica e inumana, governada, por um poder frio, implacável e diabólico…”  https://www.pliniocorreadeoliveira.info/LEG_420208_UMREMEDIOQUEAGRAVARAOMAL.htm#.Xu6RUWhKhPY

Perguntamos: Em essência a Nova Ordem Mundial preconizada por Soros, Joe Biden e outros “astros” não repete os erros do Sr Bevin, ministro socialista inglês, em 1941? Restringir direitos individuais, fazer avançar o Estado sobre as liberdades individuais, tirania socialista. https://ipco.org.br/coronavirus-a-ponta-do-iceberg-joe-biden-soros-vem-a-ocasiao-para-esquerda/

A Ordem Internacional tem que se basear na Civitas Dei

Ainda o Prof. Plinio, 1942: “A ordem internacional (nova ordem mundial) tem de se basear necessariamente no amor do próximo. Enquanto os povos não se amarem, não souberem pôr um freio a suas ambições ilegítimas e suas vaidades nacionais, não haverá ordem internacional.”

“E como o amor do próximo não é uma dessas insípidas e vagas ficções […], mas uma realidade vivaz e profunda que brota do amor de Deus; como não é possível ter verdadeiro amor de Deus quem não ama a Nosso Senhor Jesus Cristo; e como não pode amar verdadeiramente a Nosso Senhor Jesus Cristo quem não está na Igreja Católica, enquanto a Igreja não for reconhecida como a base do edifício internacional, a alma das relações entre os povos e a guardiã de toda a moral, não poderá haver na esfera internacional, para os povos, paz verdadeira.

“Em outros termos, ou o mundo se converte e reproduz fielmente a visão agostiniana da Civitas Dei, em que cada povo leva o amor de Deus a ponto de renunciar a tudo quanto lese aos outros povos; ou, pelo contrário, o mundo será aquela cidade do demônio, em que todos levam o amor de si mesmos a ponto de se esquecer de Deus, calcar aos pés a moral, e fazer da violação dos direitos dos povos fracos a norma habitual de sua conduta.”  https://www.pliniocorreadeoliveira.info/LEG_410316_nova_ordem.htm

***

Publica a FSP, 8 de abril de 2020, que num artigo no Wall Street Journal, o ex-secretário de Estado Henry Kissinger proclama, já no título, que “A pandemia do coronavírus vai mudar para sempre a ordem mundial”.
***
Posta a intenção da Revolução (*) de implantar a Nova Ordem Mundial (socialista, igualitária, ateia), servindo-se da ocasião criada pela pandemia do Coronavírus, pode-se perguntar se a Civitas Dei, de Santo Agostinho é a solução para as Nações ou uma Quimera?

Alegar princípios de ordem sobrenatural para estabelecer a Ordem Mundial?

Que relação tem tudo isso com a Reconstrução do Brasil?

Pretendemos mostrar, no próximo artigo, que a Reconstrução nacional e a organização mundial têm um fundamento racional, baseado na natureza humana e nas leis postas por Deus para o governo dos povos.

(*) Baixe o pdf gratuitamente https://pliniocorreadeoliveira.info/RCR01.pdf

 

Detalhes do artigo

Autor

Mathias de Albuquerque

Mathias de Albuquerque

162 artigos

Categorias

Tags

Esse artigo não tem tag

Comentários

Seja o primeiro a comentar!

Comentários

Seja o primeiro a comentar!

Tenha certeza de nunca perder um conteúdo importante!

Artigos relacionados