Portal do IPCO
Plinio Corrêa de Oliveira
IPCO em Ação

Livro: Uma brecha na barragem - A infiltração do lobby LGBT na Igreja

Apelo Urgente aos Deputados em Defesa da Vida

Eleitores devem pressionar deputados para apoiar o PL 1904/2024, que proíbe o aborto no Brasil, protegendo a vida desde a concepção.


Apelo Urgente aos Deputados em Defesa da Vida

Escreva aos deputados, apoie o PL 1904-2024.

Índice

  1. Nova investida pró aborto

A defesa da vida humana, desde a concepção até a morte natural, é ensinada pela Santa Igreja, doutrina definida e imutável.

As esquerdas, pelo contrário, são ferozes inimigas da família — entendida, como sempre o foi — pai, mãe e filhos. Decorre daí, pelo direito natural, pela Lei de Deus que cabe aos pais, primordialmente, a educação dos filhos. Mas, os partidos e doutrinadores de esquerda colocam sempre o Estado acima do pátrio poder. O Estado estaria acima da Lei Natural (nega, rejeita a própria natureza humana), estaria acima das Leis de Deus (portanto, do Decálogo) que ensina: NÃO MATARÁS.

Aborto é pecado, portanto.

Nova investida pró aborto

Desta vez é o PSOL que não tem competência técnica, profissional, ética para se posicionar contra a Resolução n. 2.378/2024 do Conselho Federal de Medicina (CFM) orientando os médicos sobre a assistolia fetal. Assim se pronunciou a ABRAJUC:

A União Brasileira dos Juristas Católicos se posiciona firmemente contrária a qualquer tipo de procedimento de interrupção artificial da vida (CIC 2270-2283), e possui críticas técnicas e morais às normas exaradas pelo Estado brasileiro que permitam, restrinjam ou inviabilizem-na desde a concepção até a morte natural. E, neste sentido vê com espanto o julgamento da Medida Cautelar na Arguição de Descumprimento de Preceito Fundamental n. 1.141/DF que, antes mesmo de ouvir o Conselho Federal de Medicina (CFM), suspendeu a Resolução n. 2.378/2024 que estabelecia critérios estritamente éticos aos médicos acerca da realização do procedimento de assistolia fetal (interrupção da vida intrauterina por meio de injeção de cloreto de potássio, ou outro composto, usualmente no coração)

Eleitores se levantam contra o aborto

No regime democrático quem manda é o eleitor. Façamos, pois, sentir aos deputados a nossa repulsa ao aborto, a nossa disposição de lutar pela vida humana desde a concepção até a morte natural.

Se não podemos, no momento, reverter formas de aborto que a esquerda (e o falso centrão) nos impuseram ao longo de anos, vamos, pelo menos fatiar as suas aplicações e impedir a sua nefasta multiplicação.

Apoio ao PL 1904/2024

Assine, divulgue, propulsione o MODELO DE E-MAIL que transcrevemos abaixo que recebemos de um aderente desse Site :

* * *

Caro Deputado,

Escrevo-lhe esta carta/e-mail com a esperança de que possamos contar com o seu apoio no Projeto de Lei 1904 de 2024, que visa proibir o aborto no Brasil. É de extrema importância para nós, cidadãos brasileiros, que este projeto seja aprovado, assegurando que as crianças em gestação não possam sofrer assistolia fetal a partir da 22a semana, mantendo assim a Resolução 2.378/2024 do Conselho Federal de Medicina.

Nós, no Brasil, desejamos um país onde o direito à vida seja protegido desde o seu início até a morte natural. Estamos dispostos a apoiar os deputados que se posicionarem a favor deste projeto de lei, pois acreditamos que é fundamental garantir a proteção e o respeito à vida desde o momento da concepção.É importante ressaltar que a assistolia fetal é um procedimento desumano, capaz de causar dor e sofrimento ao feto. Além disso, é crucial mencionar que tal procedimento é proibido na medicina veterinária por ser considerado desumano. Portanto, é fundamental que medidas sejam tomadas para garantir que tais práticas não ocorram em nosso país.

Agradeço antecipadamente pela atenção dispensada a este assunto e peço encarecidamente que considere o impacto positivo que a aprovação deste projeto de lei terá na proteção da vida e na promoção da dignidade humana em nossa sociedade. Solicito também que, por gentileza, nos informe sua posição em relação a este importante tema.

Atenciosamente, [Seu nome]

* * *

Que Nossa Senhora Aparecida proteja essa iniciativa e mova milhões e milhões de brasileiros a se levantarem em defesa da vida humana, desde a concepção até sua morte natural.

Assistolia fetal é crueldade, é desumanidade, é barbarismo, é pecado.

Detalhes do artigo

Autor

Barcelos de Aguiar

Barcelos de Aguiar

331 artigos

Categorias

Tags

Comentários

Seja o primeiro a comentar!

Comentários

Seja o primeiro a comentar!

Tenha certeza de nunca perder um conteúdo importante!

Artigos relacionados