Portal do IPCO
Plinio Corrêa de Oliveira
IPCO em Ação

Leve Esperança ao Sul: Ajude a Distribuir 50.000 Medalhas Milagrosas

Artimanhas da esquerda para dominar o Nordeste Cristão


Carlos Vitor Santos Valiense

Primeiro Turno 2018.

Realmente é muito triste ver que a região Nordeste encerra POR ORA a maior zona eleitoral esquerdista do nosso querido Brasil. Quando vi o resultado do primeiro turno da eleição, fiquei muito “retado” – aqui na Bahia não é “arretado”, como em outras partes do Nordeste. O que me fez parar para pensar foi ver a noticia de que o atual candidato petista teve o menor apoio no Nordeste desde 2002. Com isso, fiz uma breve reflexão sobre o assunto.

O nordestino é um povo inteligente, esperto, destemido, de cultura invejável, cercado de belezas naturais mundialmente reconhecidas que fazem da região o maior pólo turístico do País; um povo que encontra solução para tudo, mas que é principalmente um povo de fé.

Contudo, por ser um povo inteligente e de uma esperteza sem tamanho, a Revolução anticristã sempre viu o Nordeste brasileiro como uma ameaça a seus planos, e por isso utilizou suas armas para impedir que fôssemos uma potência intelectual e nos tornássemos um mero “curral eleitoral” e massa de manobra barata para a perpetuação de um futuro e eterno governo esquerdista.

O atual caos por que passa a nossa região é fruto de uma investida das forças da esquerda para neutralizar sua potência e transformá-la em coisa própria. A revolução no Nordeste soube espalhar seu veneno em três pontos característicos do nosso povo nordestino: Fé, inteligência, gratidão. O ataque a esses três pontos foram fundamentais para a atual expressão da esquerda entre nós.

Vaqueiro nordestino. Procissão na Missa pelos vaqueiros, Canindé – CE.

A fé é com toda certeza a marca mais bela do povo nordestino e por isso mesmo tornou-se a primeira vítima da esquerda. A presença forte da estrutura eclesiástica foi sem sombra de dúvida o empurrão para o presente caos. Nascido na sacristia da esquerda católica,o PT encontrou terreno fértil para propagar o “Cristo Libertador”, enquanto o clero da teologia da libertação trombeteava: “Este é o candidato dos pobres, da igreja dos pobres…”.

A inteligência é algo natural ao nosso povo. Temos grandes pensadores, escritores etc. Entretanto, não querendo aguçar algo que nos é tão natural, a esquerda simplesmente não investiu na formação intelectual do Nordeste, mas preferiu se dedicar à doutrinação ideológica, criando uma multidão de analfabetos e analfabetos funcionais, no pensamento de Paulo Freire.

O terceiro ponto – e o que poderá ter mais discordância por parte de quem leia este texto – é a gratidão. Somos um povo grato e isso tem muito a ver com fidelidade. Para as pessoas mais simples e leigas que se encontravam desoladas em meio aos maiores problemas sociais, esquecidas por todos, com déficit na educação, induzidas e formadas pela Teologia da Libertação, o sistema que se voltou para elas e lhes deu certa dignidade que até então lhes era negada pelo restante do País foi objeto de sua retribuição através do voto.

Universidade Federal da Paraíba (UFPB), em João Pessoa, II Semana Teológica José Comblin. Infiltração marxista nos meios católicos.

Por tudo quanto ficou dito, vê-se que o medo da esquerda é o Nordeste, razão pela qual se investiu tanto na sua destruição intelectual, tornando-o a maior vítima do processo revolucionário no Brasil e levando seus agentes a pensar que o tinham dominado por completo.

No entanto, o espírito conservador, que faz parte da índole do nosso povo, se mostrou cada vez mais incompatível com o atual caos. Tirou ele assim a poeira dos olhos daqueles que estavam sendo instrumentos da barganha revolucionaria e reergueu algo que estava dormindo para se tornar cada vez mais pulsante no povo nordestino.

Vale ressaltar que o grande movimento conservador que vem surgindo no Brasil vem do Nordeste: o gigante do autêntico pensamento conservador se levantará e dissipará desta Terra de Santa Cruz o maledicente e destruidor caos causado pela esquerda, filha primogênita da Revolução anticristã.

Detalhes do artigo

Autor

Outros autores

Outros autores

427 artigos

Categorias

Tags

Comentários

Seja o primeiro a comentar!

Comentários

Seja o primeiro a comentar!

Tenha certeza de nunca perder um conteúdo importante!

Artigos relacionados