Portal do IPCO
Plinio Corrêa de Oliveira
IPCO em Ação

A caravana do IPCO começou

Apenas médicos cubanos?


Chávez lança nova campanha de saúde, com a colaboração “ideológica” de cubanos

Médicos cubanos1 poderão ser utilizados pelo governo da presidente Dilma Rousseff como uma brigada de doutrinação marxista das famílias do interior do país, dada a proficiência nesta matéria que lhes é assegurada desde os primeiros anos escolares cubanos, em contraposição à baixa proficiência médica que os exames de validação dos diplomas efetuados pelo Conselho Federal de Medicina têm disso prova insofismável: no último exame Valida de 2012 só 20 de um total de 182 graduados passaram.

O caminho já foi adotado pelo socialismo bolivariano de Chávez que levou de Cuba para Venezuela, sob o mesmo pretexto de cuidados pela saúde pública, milhares de médicos, acoplados a uma máquina de vigilância policialesca sob o comando de um alto dirigente cubano.

*  *  *

Ramiro Valdez Menéndez2, um dos três chefes históricos da “Revolución Cubana”, junto com Fidel Castro Ruz e Ernesto “El Che” Guevara de la Serna conhecido como duro, implacável e cruel, não relutou a mando de “El Che” fuzilar opositores. Ocupou por duas vezes o cargo de Ministro do Interior e é considerado como um dos mais brutais e sanguinários repressores do regime cubano.

É o responsável direto pelos abusos cometidos nas prisões cubanas e por estabelecer uma rede de espionagem contra a população de seu país. Foi um dos principais arquitetos da criação das CDR (Comitê de Defesa da Revolução) e utilizou a Marinha Mercante Cubana para espionar os cubanos no exílio. Dirigiu em várias ocasiões o G2 (Agentes do Departamento de Segurança do Estado) cubano e um dos principais idealizadores da censura na Internet.

Com este currículo foi chamado, em 2009, pelo malfadado Hugo Chávez para solucionar a grave crise energética causada pelas medidas estatizantes do socialismo bolivariano. O Blog ResistênciaV58, partidários de uma resistência aos desmandos do governo bolivariano por vias pacíficas, afirma que amplos setores da opinião pública venezuelana temem que “Este individuo não vem resolver o problema elétrico venezuelano. Vem assessorar o racionamento elétrico e a repressão na Venezuela.”4

A infortunada Venezuela que assumiu o caminho da importação de contingentes de “especialistas” cubanos, primeiro de médicos, depois assessores militares que já ocupam altos postos de mando no Exército venezuelano e, por fim, entregando o cuidado da solução da crise energética – eufemismo para vigilância e repressão interna – nas mãos do vice-presidente do Conselho de Estado de Cuba torna-se um governo títere de Havana e aponta para o futuro caminho que o Brasil tenderá a percorrer caso os primeiros passos com a importação de “médicos” cubanos se efetive.

Fonte:

1 – (Médicos cubanos na Venezuela, leia mais: https://ipco.org.br/home/internacional/medicos-cubanos-fogem-da-venezuela)

2 – http://resistenciav58.wordpress.com/2013/01/15/quien-es-ramiro-valdez-menendez-cuba/

3 – Os Comitês de Defesa da Revolução, CDR, foram fundadas em 28 de setembro de 1960, em Cuba, com o papel de desempenhar tarefas de vigilância coletiva contra a interferência externa e os atos de desestabilização do comunismo.

É a mais poderosa das organizações cubanas que tem a mobilização dos partidários da Revolução como um de seus objetivos principais. Também participa em tarefas de saúde, higiene e de apoio à economia e de promoção da participação cidadã em distintos âmbitos, como na participação nas eleições ou nas assembleias.

4 – http://resistenciav58.wordpress.com/2013/01/15/quien-es-ramiro-valdez-menendez-cuba/

 

 

Detalhes do artigo

Autor

Nilo Fujimoto

Nilo Fujimoto

99 artigos

Categorias

Tags

Comentários

Seja o primeiro a comentar!

Comentários

Seja o primeiro a comentar!

Tenha certeza de nunca perder um conteúdo importante!

Artigos relacionados