Portal do IPCO
Plinio Corrêa de Oliveira
IPCO em Ação

Manifestações ou protestos criminosos? Black Lives Matter no comando


Os protestos em Kenosha começaram pacificamente, mas se tornaram violentos com atos de vandalismo que amedrontam a população. Black Lives Matter aproveita a ocasião.

A técnica das esquerdas: aguardar uma ocasião, manifestações e quebra-quebra incendiário

 

Manifestação popular? Não. São quebra-quebras do BLM

Diz a notícia: “Já se passaram três dias consecutivos de tumulto e violência em Kenosha, uma cidade de Wisconsin que foi completamente destruída após uma série de manifestações que se transformaram em vandalismo, onde o movimento Black Lives Matter mais uma vez teve sua influência negativa.”

1- Ocasião: “Os protestos eclodiram três dias atrás, depois que um policial atirou violentamente em um cidadão afro-americano pelas costas quando ele entrou em seu veículo.

2 – Manifestações pacíficas: “Outros meios de comunicação locais de Wisconsin, como o Wisconsin State Journal ou a estação de rádio WGTD 91.1 FM, concordaram que os protestos começaram pacificamente,…

3 – Quebra-quebra incendiário Black Lives Matter: “mas que da noite para o dia degeneraram em vandalismo e pilhagem e que esses comportamentos parecem ter um padrão.”

“O Washington Post informou que é comum ver cidadãos com armas longas ou facas entre os manifestantes. Segundo a publicação americana, os protestos costumam ser pacíficos durante o dia, mas violentos à noite. Portanto, o governo municipal impôs um toque de recolher a partir das 20h. e ordenou a implantação da polícia para controlar a violência. Até agora, isso não foi suficiente para evitar saques, vandalismo e queima de propriedades.”

Observa Panampost: “a realidade é que movimentos e grupos de vandalismo aproveitam esta situação para cometer crimes com impunidade. Eles queimaram carros, edifícios e tentaram saquear negócios, o que deixou a cidade com medo por três longas noites”.

Deus + Lei + Ordem

“Ao longo de Kenosha, podem ser vistos cacos de vidro, destroços e pichações com “BLM” (Black Lives Matter), que normalmente são limpos pelos cidadãos e proprietários de empresas durante o dia.

“A verdade é que Kenosha está passando por uma situação terrível. O tiroteio da polícia foi um grande choque para os cidadãos, mas o que deveria ter sido um protesto pacífico pelo pedido de justiça se tornou um pesadelo para a cidade que agora foi saqueada e violada. Com o movimento Black Lives Matter como protagonista, mais uma vez.”

***

Essa é a esquerda, seguindo sempre a mesma tática: ocasião + manifestação pacífica + quebra-quebra revolucionário.

Tentativa fracassada no Brasil

Não houve no Brasil a tentativa fracassada dos Black Blocks? Tivemos há pouco novas tentativas de agitação, porém, caíram no vazio.

A esquerda pretendia, bafejada pela midia alarmista, quebrar financeira e moralmente o Brasil servindo-se da ocasião da pandemia: fracassaram. O Brasil ordeiro, trabalhador está animado pelos ventos da reação conservadora.

Nosso agronegócio continua a produzir, alimentos não faltam … e a esquerda fica sem o pretexto da “ocasião”… Até a Carta dos 152 bispos contra o Governo Federal caiu no descrédito e no vazio. Graças a Deus, a esquerda mostrou o seu fracasso.

Fonte: https://panampost.com/emmanuel-rondon/2020/08/28/kenosha-ruins-blm-protests-trump/

Detalhes do artigo

Autor

Correa de Sá

Correa de Sá

252 artigos

Categorias

Tags

Comentários

Seja o primeiro a comentar!

Comentários

Seja o primeiro a comentar!

Tenha certeza de nunca perder um conteúdo importante!

Artigos relacionados