Portal do IPCO
Plinio Corrêa de Oliveira
IPCO em Ação

Livro: Uma brecha na barragem - A infiltração do lobby LGBT na Igreja

Atentados contra os católicos desmentem política de distensão com o comunismo chinês


Luis Dufaur

A única igreja católica de Ordos, na província da Mongólia Interior, foi demolida pela polícia chinesa. Seu pároco, Pe. Gao Em, foi preso juntamente com o líder leigo católico Yang Yizhi.

O crime sacrílego aconteceu à meia-noite. Os fiéis erigiram no local um Cruzeiro de cinco metros de altura e passaram a montar guarda para impedir o saque das ruínas, informou a agência UCANews.

Poucos dias depois, em Wuhai, na mesma província, o Pe. Zhang Shulai e a religiosa Wei Yanhui, da “igreja clandestina” fiel a Roma, foram mortos a facadas.

A notícia, inicialmente difundida pela Laogai Research Foundation, acabou sendo confirmada pela polícia socialista, informou o diário “Il Messagero” de Roma.

Os fiéis estão espantados vendo que enquanto aumentam os sinais de aproximação da diplomacia vaticana com a tirania comunista, os esbirros socialistas multiplicam as violências e os crimes contra os católicos fiéis ao Papa.

Detalhes do artigo

Autor

Luis Dufaur

Luis Dufaur

1043 artigos

Escritor, jornalista, conferencista de política internacional no Instituto Plinio Corrêa de Oliveira, webmaster de diversos blogs.

Categorias

Esse artigo não tem categoria

Tags

Comentários

Seja o primeiro a comentar!

Comentários

Seja o primeiro a comentar!

Tenha certeza de nunca perder um conteúdo importante!

Artigos relacionados