Portal do IPCO
Plinio Corrêa de Oliveira
IPCO em Ação

Leve Esperança ao Sul: Ajude a Distribuir 50.000 Medalhas Milagrosas

Convite à reflexão: por que o demônio apela para a confusão?


“Porque apela o espírito do mal para a confusão?

“Porque esparsas por este mundo caótico e decadente, florescendo quiçá em lugares que os observadores superficiais não sabem ver, ainda existem muitas almas que detestam o mal.

“Não temais pequeno rebanho” ( Lc.XII – 32 )

“Pois, se o demônio se oculta para avançar, é porque sabe que muitos ainda lhe barrariam o caminho se agisse descoberto. Nisto está a nota animadora do momento. Houve tempo em que os batalhões da impiedade desfraldaram à luz do sol o lema satânico “écrazez l’Infàme” [esmagar Nosso Senhor]. Hoje continuam a caminhar vitoriosamente… mas de bandeira enrolada! O que significa que há hoje em dia, em número maior, soldados de Deus, dispostos a lutar no momento das supremas provações.

[Lendo esses comentários do Prof. Plinio (1952) nos lembramos dessa passagem de ano (2022) em que a confusão também é usada como arma do demônio. E, por outro lado, a grande reação conservadora que se levanta no Brasil é uma prova de que as forças do mal estão encontrando um “número maior, soldados de Deus, dispostos a lutar no momento das supremas provações.”] Essa é a nossa grande esperança para 2023.

Na confusão da terra, abriram-se os Céus, e a Virgem apareceu em Fátima (1917) para dizer aos homens a verdade. Verdade austera, de admoestação e penitência, mas verdade rica em promessas de salvação.

O ano de 1952 (2022, perguntamos) nos trará as terríveis punições previstas em Fátima? Se elas se realizarem, ninguém poderá ficar surpreso. Os pecados chegaram ao auge, a conspiração do mal domina a terra.

Mas os que confiam na Virgem Santíssima tem sobejos motivos para nada temer. “Nolite timere, pusillus grex” ( Lc.XII – 32 ); não temas, pequeno rebanho.

Confiemos, por fim o Imaculado Coração de Maria triunfará!

Fonte: https://www.pliniocorreadeoliveira.info/1952_013_CAT_Sob_o_signo.htm

Detalhes do artigo

Autor

Machado Costa

Machado Costa

55 artigos

Categorias

Tags

Comentários

Seja o primeiro a comentar!

Comentários

Seja o primeiro a comentar!

Tenha certeza de nunca perder um conteúdo importante!

Artigos relacionados