Portal do IPCO
Plinio Corrêa de Oliveira
IPCO em Ação

Acesse sua conta

Logo do Instituto Plinio Corrêa de Oliveira
Instituto

Plinio Corrêa de Oliveira

Por que as esquerdas temem as urnas? Voto auditável, integridade eleitoral!

Foto: Mathias de Albuquerque
Por Mathias de Albuquerque

há 2 anos3 min

Atualizado em: 5/7/2021, 8:47:14 PM


Nesse 1 de maio de 2021, as gigantescas manifestações populares de descontentamento com lockdowns, com medidas socialistas de governadores e prefeitos (parecem interventores plenipotenciários), com atitudes do Judiciário em favor da libertação de Lula, por exemplo, redundaram em um apoio maciço ao governo Bolsonaro. Valeu como um plebiscito.

Vote SIM: https://www12.senado.leg.br/ecidadania/visualizacaomateria?id=132598

Delenda est Carthago …

Já não se trata de repetir a frase do Senador Romano, Catão, “Delenda est Carthago” (Cartago deve ser destruída); “Cartago” (a esquerda antiBrasil) já foi destruída pelas gigantescas manifestações populares que perpassam o Brasil desde 2015. Chegou a hora de proteger o veredicto das Urnas.

Por mais que a Midia alinhada aos inimigos do Brasil tente esconder … as redes sociais ai estão para difundir o sucesso do Brasil autêntico e a derrota das esquerdas.

Foi-se o tempo em que tudo terminava em “pizza” nesse nosso Brasil. Essa terá sido uma das maiores vitórias do brasileiro sobre seus próprios defeitos: foi-se o tempo das falsas acomodações.

Com a graça de Deus, deixamos de lado as falsas acomodações e entramos na via da vocação do Brasil: “Bem-aventurado este povo varonil e forte, intrépido e corajoso, faminto e sedento das virtudes heróicas e totais, porque será saciado em seu apetite de santidade e grandeza sobrenatural.”, discursava o Prof. Plinio, no Anhangabaú (1942) perante meio de milhão de paulistas. https://www.pliniocorreadeoliveira.info/Disc_Congr_Eucar_42.htm#.YJVOObVKiMo

Voto auditável: integridade eleitoral

Por que as esquerdas temem tanto o voto auditável, temem a integridade eleitoral?

Direita e esquerda têm atitudes diametralmente opostas face à integridade eleitoral quer no Brasil, quer nos EUA. Aqui, nos batemos pelo voto auditável, pela segurança do eleitor. Nos EUA, a esquerda promoveu uma avalanche de votos por Correio, sabidamente um meio que aumenta a possibilidade de fraudes.

Mas a resultante cá e lá é a mesma: a esquerda teme a opinião pública e não quer transparência eleitoral.

Flórida protege votação, Integridade Eleitoral

A Flórida, através de seu Senado, acaba de proteger as eleições no Estado: apostando na Integridade Eleitoral. Os leitores se recordarão da controversa disputa de slogans nas eleições presidenciais gerada pela massiva votação por Correio: contar todos os votos X integridade na apuração.

Informa TheEpochTimes: “O Senado da Flórida, controlado pelos republicanos, em 29 de abril, aprovou um novo projeto de lei que impõe várias restrições ao voto por correspondência e às urnas.” https://ipco.org.br/florida-protege-votacao-garantir-a-integridade-eleitoral-americana/

Coerência na Democracia

“Democracia é a forma de governo em que a direção do Estado cabe ao povo. O pressuposto da democratização política é a igualdade de todos perante a lei.
A situação ideal da democracia é aquela em que a vontade popular é unânime acerca dos assuntos de interesse público. Mas tal situação só muito raras vezes se verifica na prática. E só acerca de questões determinadas. Quando ela ocorre, costuma ser efêmera.
Assim, na democracia se atribui a força decisória não à unanimidade dos cidadãos, mas à vontade da maioria deles.” https://pliniocorreadeoliveira.info/livros/1987%20-%20Projeto%20de%20Constitui%C3%A7ao.pdf

O leitor já notou que Democracia, na linguagem das esquerdas, é tudo que favorece à Revolução igualitária. Já não é a vontade popular.


***

Quererão nossos políticos ouvir o clamor das ruas? Ou por outro laldo, as ruas aplaudem nossos políticos? Quais?

Nosso público deseja a integridade eleitoral, a confiabilidade do processo eleitoral, as urnas auditáveis. Ou será que a esquerda teme o voto auditável?

As manobras da esquerda para se perpetuar no Poder, em tantos países de nosso Continente, fazem lembrar o PCCh que ditatorialmente escolheu Xi Jinping presidente vitalício da China. Confere.

Também Fidel Castro dizia que Cuba não precisava de eleições …

***

Salvemos o Brasil, lutemos pela integridade eleitoral, pelo voto auditável. Afinal, a autenticidade da Democracia só teria a lucrar.

Vote Sim, aqui: https://www12.senado.leg.br/ecidadania/visualizacaomateria?id=132598

Detalhes do artigo

Autor

Mathias de Albuquerque

Mathias de Albuquerque

150 artigos

Categorias

Tags

Comentários

Seja o primeiro a comentar!

Tenha certeza de nunca perder um conteúdo importante!

Artigos relacionados