Portal do IPCO
Plinio Corrêa de Oliveira
IPCO em Ação

A caravana do IPCO começou

Supremo Tribunal de New Jersey decide a favor da moral católica

Por unanimidade, os 7 Juízes da Suprema Corte de Nova Jersey decidem a favor de escola católica que demitiu professora por sexo antes do casamento.


Supremo Tribunal de New Jersey decide a favor da moral católica

St. Theresa School, New Jersey

Como reconheceu o Supremo Tribunal de Nova Jersey, as escolas religiosas têm o direito de exigir que os seus professores sigam a sua fé em palavras e em ações
Eric Rassbach, vice-presidente e conselheiro sénior do Becket Fund for Religious Liberty

O Estatuto da Escola Católica Santa Tereza

Informa LifeSiteNews que ao ser contratada em 2011, a professora Victoria Crisitello assinou o manual da escola que exige dos funcionários viverem suas vidas de acordo com o ensino católico. O Catecismo da Igreja Católica descreve o sexo antes do casamento como “gravemente contrário à dignidade das pessoas e da sexualidade humana, que está naturalmente ordenada ao bem dos cônjuges e à geração e educação dos filhos”.

Essa foi a decisão da Suprema Corte de Ney Jersey, por unanimidade — As escolas católicas em Nova Jersey podem continuar a exigir que os funcionários vivam suas vidas de acordo com a moralidade católica.

A batalha legal durou quase 10 anos.

Crisitello, que foi demitida logo após revelar que havia engravidado fora do casamento e foi substituída por uma mulher casada e com filhos, processou a escola em 2014 por supostamente discriminá-la por causa de seu estado civil e gravidez, sendo utilizado o ensino católico. como “mero pretexto” para a demissão, segundo documentos judiciais.

Peter Verniero, advogado da Escola Santa Teresa, disse à Agência Católica de Notícias (ACN) que a decisão de segunda-feira foi “uma validação significativa dos direitos da Escola Santa Teresa como empregador religioso”, elogiando o tribunal por defender os “direitos dos empregadores religiosos de agir de acordo com seus princípios religiosos.”

Igualmente importante, o tribunal não encontrou nenhuma evidência de discriminação neste caso.
Peter Verniero

Nossos cumprimentos ao Tribunal Federal de New Jersey em favor da Escola católica Santa Tereza e seus estatutos que exigem dos professores católicos a observância da moral.

Fonte: Life site news

Detalhes do artigo

Autor

Correa de Sá

Correa de Sá

0 artigos

Categorias

Esse artigo não tem categoria

Tags

Esse artigo não tem tag

Comentários

Seja o primeiro a comentar!

Comentários

Seja o primeiro a comentar!

Tenha certeza de nunca perder um conteúdo importante!