Portal do IPCO
Plinio Corrêa de Oliveira
IPCO em Ação

O Sínodo da Sinodalidade, Dubia de 5 Cardeais e o livro Caixa de Pandora

A mídia mundial reage ao Sínodo, destacando a promoção da agenda LGBT e da igualdade na Igreja como avanços, enquanto cardeais, o IPCO e entidades conservadoras alertam que essas são questões controversas e desvios da doutrina tradicional.


O Sínodo da Sinodalidade, Dubia de 5 Cardeais e o livro Caixa de Pandora

Da esquerda para a direita. Cardeais Brandmüller, Sandoval Íñiguez, Burke, Sarah e Zen Ze-kiun

Índice

  1. Os Dubia dos 5 Cardeais

Enquanto a midia liberal e de esquerda alimenta a esperança e festeja a abertura do Sínodo da Sinodalidade — espera ela ver desfigurada para sempre a face da Santa Igreja — ela é obrigada a noticiar, também, as reações vigorosas, coerentes, cheias de espírito de Fé como o Dubia dos 5 Cardeais, o livro das TFPs Sínodo da Sinodalidade, uma caixa de Pandora, as reações de bispos espalhados pelo orbe católico.

Conheça nossas lives mostrando a crise na Santa Igreja e como deve o católico fiel proceder em defesa da Fé.

* * *

Comecemos com a recente e oportuna Pastoral de D. Joseph Strickland: Meus queridos filhos e filhas em Cristo,

À medida que continuamos a rever verdades importantes da nossa fé católica, escrevo-vos hoje para abordar a quinta verdade na minha Carta Pastoral de 22 de agosto de 2023: “A atividade sexual fora do casamento é sempre gravemente pecaminosa e não pode ser tolerada, abençoada ou considerada permitida por qualquer autoridade dentro da Igreja.”
Pastoral de D. Joseph Strickland (Tyler, Texas)

Esse trecho da Pastoral de D. Joseph Strickland (Tyler, Texas) — reafirmando a doutrina perene da Santa Igreja sobre a castidade — vem exatamente nesses dias em que o DUBIA dos 5 cardeais pedem ao papa Francisco esclarecer pontos sensíveis da atualidade, como a “bênção” a duplas do mesmo sexo, admissão de “recasados” à comunhão, ordenação de mulheres.

Vamos agora ao concreto da crise da Igreja. Ainda a pastoral:

"À medida que nos aproximamos do início do Sínodo sobre a Sinodalidade, é importante que nos lembremos e abracemos a profunda sacralidade da união conjugal entre marido e mulher, e a verdade de que a actividade sexual fora do casamento é sempre gravemente pecaminosa e não pode ser tolerada, abençoada ou considerada permitida por qualquer autoridade dentro da Igreja.(...) Devemos lembrar que a verdade divina nunca pode mudar, e nem Deus nem a Igreja podem cooperar ou abençoar o pecado." 
Pastoral de D. Joseph Strickland (Tyler, Texas)

Os Dubia dos 5 Cardeais

Comenta o Site do IPCO:

“Trata-se da iniciativa tomada por cinco membros do Sagrado Colégio Cardinalício de cumprir o seu justo dever de “assistir o Santo Padre… mesmo a título pessoal… na solicitude quotidiana da Igreja universal ” (cânone 349), formulando-lhe filialmente, e com base numa comprovada prática eclesiástica, cinco questões (dubia) sobre os temas que estão no centro das controvérsias do processo sinodal e que deram origem às graves perplexidades acima referidas. Dada a elevada qualificação dos prelados signatários, estamos perante um acontecimento que constitui um marco no debate em curso sobre a enorme crise que se abriu na Igreja.”

" ... consideradas várias declarações de alguns altos Prelados relativas à celebração do próximo Sínodo dos Bispos, evidentemente contrárias à doutrina e à disciplina constantes da Igreja, e que geraram e continuam a gerar entre os fiéis e outras pessoas de boa vontade grande confusão e a queda no erro, manifestamos ao Romano Pontífice a nossa profundíssima preocupação. Recorrendo à comprovada prática da apresentação de dubia [perguntas] a um superior, para lhe dar a ocasião de esclarecer, através das suas responsa [respostas], a doutrina e a disciplina da Igreja, com a nossa carta de 10 de Julho de 2023, apresentamos cinco dubia ao Papa Francisco, cuja cópia se encontra em anexo." 

  1. Dubium sobre a afirmação de que a Revelação Divina deve ser reinterpretada tendo por base as mudanças culturais e antropológicas em voga.
  2. Dubium sobre a afirmação de que a prática difusa da bênção das uniões com pessoas do mesmo sexo estaria de acordo com a Revelação e o Magistério (CIC 2357).
  3. Dubium sobre a afirmação de que a sinodalidade é uma «dimensão constitutiva da Igreja» (Const. Ap. Episcopalis communio 6), de modo que a Igreja, pela sua natureza, seria sinodal.
  4. Dubium sobre o apoio dado por pastores e teólogos à teoria de que «a teologia da Igreja mudou» e, portanto, de que se poderia conferir a ordenação sacerdotal às mulheres.
  5. Dubium sobre a afirmação «o perdão é um direito humano» e a insistência do Santo Padre no dever de absolver a todos e sempre, pelo que o arrependimento não seria condição necessária para a absolvição sacramental.

Repercussões na midia mundial

As notícias na midia são abundantes; jornais, TVs, canais, blogs — desde a Folha e Estado passando pelos grandes jornais de nosso Continente, notadamente a grande midia nos EUA. Idem, na Europa.

O Sínodo da Sinodalidade foi preparado com antecedência. Parece, também, que o público consultado foi selecionado. Ainda não encontrei uma pessoa sequer que tenha participado dessa consulta prévia. E outros me dizem a mesma coisa … não foram consultados.

A mídia liberal, a midia de esquerda festeja a abertura do Sínodo com uma conquista das mulheres, da agenda lgbt, da igualdade na Igreja. Ao mesmo tempo mostra a difusão e acerto da publicação do IPCO e entidades afins: O Sínodo da Sinodalidade, uma caixa de pandora.

https://www.acessa.com/mundo/2023/10/amp/177285-sinodo-testa-legado-do-papa-e-pode-abrir-espaco-para-mulheres-na-igreja-catolica.html

* * *

Uma palavra de Fé, Esperança e Caridade

Um católico como deve ver a situação da Santa Igreja em nossos dias? Eis que estarei convosco até a consumação dos séculos!

Continua a Mensagem do IPCO, assinada pelo Sr Mario Navarro: “O espírito que anima esta iniciativa pode ser resumido nas seguintes palavras, tiradas da Conclusão:

"O caminho sinodal, aqui analisado, retoma velhas heresias condenadas com veemência pelo Magistério, e impulsiona ainda mais a obra de autodemolição identificada por Paulo VI. O amor fidelíssimo à Santa Igreja, à sagrada hierarquia e à civilização cristã impõe às TFPs e associações irmãs o dever inelutável de denunciar esta reforma, e elas têm se empenhado em cumpri-lo com iniciativas abrangentes." https://www.ipco.org.br/o-caminho-sinodal-caixa-de-pandora-declaracoes-no-aviao-e-a-pastoral-d-strickland

O caminho sinodal, uma caixa de Pandora: 100 perguntas e 100 respostas, de autoria de Julio Loredo e José Antonio Ureta, vai fazendo seu curso. A versão original em italiano já foi traduzida para outros seis idiomas incluindo o português.

A Esposa de Cristo, a Jerusalém Celeste triunfará dessa crise tremenda como já venceu “outros ventos” e “enfrentou outras tempestades”. Tende confiança, Eu venci o mundo, afirmou Nosso Senhor.

Rezemos ardentemente pelo cumprimento pleno das profecias de Fátima: Por fim o meu Imaculado Coração triunfará!

Detalhes do artigo

Autor

Marcos Machado

Marcos Machado

470 artigos

Pesquisador e compilador de escritos do Prof. Plinio. Percorreu mais de mil cidades brasileiras tomando contato direto com a população, nas Caravanas da TFP. Participou da recuperação da obra intelectual do fundador da TFP. Ex aluno da Escola de Minas de Ouro Preto.

Categorias

Tags

Comentários

Seja o primeiro a comentar!

Comentários

Seja o primeiro a comentar!

Tenha certeza de nunca perder um conteúdo importante!

Artigos relacionados