Portal do IPCO
Plinio Corrêa de Oliveira
IPCO em Ação

A caravana do IPCO começou

Breves: Ainda os “médicos” cubanos que chegam ao México


O Brasil, durante o governo Bolsonaro, livrou-se do esquema “Mais médicos” que tanto beneficiou financeiramente o regime comunista de Cuba, violando brutalmente os direitos humanos desses profissionais à integralidade de seus salários. Além, das pressões sobre os familiares que permaneciam em Cuba — como se sabe, não podiam trazer suas famílias, ficavam na Ilha-prisão como reféns.

Médicos ou escravos do estado comunista?

O mesmo esquema no México

Informa Panampost: “Eles são mal pagos, trabalham sob um tipo de escravidão moderna e servem ao castrismo para encher seus bolsos.”

Passaportes confiscados nos aeroportos de chegada no México, outra repetição de denúncias de confisco de documentos que, no caso do Brasil, os passaportes eram confiscados por agentes cubanos que faziam parte da delegação.

Médicos ou soldados-médicos?

No ano passado, já circulavam suspeitas sobre a legitimidade de vários supostos profissionais, já que uma investigação do Partido de Ação Nacional (PAN) do México ofereceu detalhes sobre a falta de credenciais do pessoal que chegou em 2020 para atender pacientes durante a pandemia.

Nesse ano, “o grupo de 60 médicos não seria formado por médicos, mas sim por soldados e médicos” precariamente preparados, segundo um novo relatório do grupo Prisoners Defenders International.

Segundo seu diretor, Javier Larrondo, o regime cubano atualmente liderado por Miguel Díaz-Canel prefere enviar soldados ao México por medo de que seus médicos desertem. Além disso, servem para disfarçar o envio de recursos que o presidente Andrés Manuel López Obrador concede a Cuba. Mesmo esquema que o PT montou para ajudar Cuba no programa “mais médicos”.

Um médico relatou anonimamente como 17 abandonaram a missão e que, quando pisaram no México, seus passaportes foram retirados. “100% deles tiveram seus passaportes retirados e entraram pelos aeroportos militares mexicanos.”

Será que a Comissão de Direitos Humanos da ONU não tem nada a declarar? E os órgãos de saúde? Ou temos que admitir mais uma forma de cumplicidade com o comunismo?

Fonte: https://panampost.com/oriana-rivas/2022/08/26/militares-cubanos-mexico/

Detalhes do artigo

Autor

Barcelos de Aguiar

Barcelos de Aguiar

329 artigos

Categorias

Tags

Comentários

Seja o primeiro a comentar!

Comentários

Seja o primeiro a comentar!

Tenha certeza de nunca perder um conteúdo importante!

Artigos relacionados