Portal do IPCO
Plinio Corrêa de Oliveira
IPCO em Ação

Leve Esperança ao Sul: Ajude a Distribuir 50.000 Medalhas Milagrosas

Malta Vence Novo Inimigo: O Aborto

Malta, histórico bastião da Cristandade, derrota agenda pró-aborto em 2023, mostrando que a força do bem prevalece quando os bons se unem.


Malta Vence Novo Inimigo: O Aborto

Índice

  1. Uma batalha pró Vida desde 2021

Malta, histórico bastião da Cristandande contra os turcos. Malta vence, em 2023 os inimigos da Vida, a agenda pró aborto que investe em todo o Ocidente.

A forte mobilização popular faz o governo de Malta desistir de legalizar o aborto — prova mais uma vez, a força conservadora quando essa se mobiliza. Saibamos comemorar, saibamos nós, brasileiros imitar os bons exemplos.

O bem é naturalmente forte, o mal, pelo contrário é ausência de bem, só vence quando os bons desistem de lutar.

Uma batalha pró Vida desde 2021

Desde 2021, o movimento pró-vida em Malta luta para manter o aborto fora de seu país – o último na União Europeia onde nascituros ainda são protegidas por lei.

O governo maltês, sob forte pressão de uma coalizão pró-vida de médicos, advogados, especialistas em ética, juízes e dezenas de milhares de cidadãos que assinaram petições, lançou recentemente uma reformulação da emenda ao aborto para deixar claro que o assassinato de nascituros não está sendo legalizado.

Parlamentares recebem emails de seus eleitores

A coalizão reconhece que a reformulação da emenda pelo governo foi um resultado direto das mais de 25.000 pessoas que enviaram e-mails ao primeiro-ministro, ministro da saúde e aos parlamentares de seu distrito, mais de 20.000 pessoas que se manifestaram em Valletta e muitos indivíduos que expressaram suas preocupações publicamente nas mídias sociais ou em particular com seus deputados – enviando uma mensagem clara de que o projeto original da lei teria introduzido o aborto em Malta, e isso não era aceitável para o povo de Malta.

Essa é a ação das temidas Redes Sociais … que as esquerdas de todos os matizes odeiam … porque são o instrumento democrático pelo qual o eleitor manifesta seu pensamento, seu querer, suas preferências.

Vamos repetir, instrumento democrático pelo qual o Eleitor manifesta a sua opinião. Fora disso, é sinônimo de ditadura esquerdista.

Uma ação positiva pelas mães

“A voz do povo de Malta foi muito clara: somos uma nação pró-vida, valorizando cada vida, a mãe que merece nossa máxima proteção, especialmente quando está em dificuldade, o nascituro que hoje salvamos, graças a este novo versão da legislação, continuaremos a fazer isso”, disse a Dra. Miriam Sciberras, CEO da Life Network Foundation. “Esta nova versão da emenda é um grande alívio para todos nós, para que possamos voltar ao nosso trabalho principal de ajudar as mães em situação de crise, reconstruindo suas vidas e cuidando de seus filhos.”

Belo exemplo para nós, brasileiros. Uma noção católica e patriótica sobre a vida, sobre a mãe, sobre o nascituro.

Malta que venceu nos séculos anteriores a investida muçulmana, derrota em 2023 a investida da agenda pró aborto, impulsionada pela decadente União Europeia.

Fonte: Life site news

Detalhes do artigo

Autor

Barcelos de Aguiar

Barcelos de Aguiar

331 artigos

Categorias

Tags

Comentários

Seja o primeiro a comentar!

Comentários

Seja o primeiro a comentar!

Tenha certeza de nunca perder um conteúdo importante!

Artigos relacionados