Portal do IPCO
Plinio Corrêa de Oliveira
IPCO em Ação

A caravana do IPCO começou

A Repressão Na China Equipara Livro Religioso E Pornografia. Censura Na Internet

Na santa soberana de Portugal conjugam-se o fulgor da coroa real com a virtude de exímia caridade e um dom especial de pacificadora, que marcaram toda sua vida. Sua festividade é celebrada pela Igreja no dia 4 de julho.


A Repressão Na China Equipara Livro Religioso E Pornografia. Censura Na Internet

Livros religiosos não autorizados e “supersticiosos” agora recebem o mesmo tratamento da pornografia. Repressão é inerente aos regimes comunistas e aos regimes ditatorialistas da América Latina. O nazismo também perseguiu a Religião.

O comunismo é uma seita filosófica ateia e materista. Tem, portanto, uma anti religião oficial e somente essa deve prevalecer. A sinicização é definida como sendo a instrumentalização das religiões a serviço do maoismo.

Nada disso soube ou quis saber a volumosa equipe de Lula que visitou a China. Parece, também, não ligar para as perseguições aos católicos o Acordo Provisório, firmado e renovado por duas vezes, do Vaticano com o regime comunista chinês.

Livros religiosos equiparados à pornografia

“Pornografia e obscenidade” e “xie jiao [um termo que indica ‘ensinamentos heterodoxos’ listados como tal e proibidos, às vezes traduzidos com menos precisão como ‘cultos’], religião ilegal e superstição” são agora os dois principais conteúdos ilegais de livros do Mercado, comenta BitterWinter.

Este mês, oficiais e policiais do Market Supervision Bureau foram às livrarias no condado de Shangcheng, que está sob a administração da cidade de Xinyang, na província de Henan, e começaram a examinar prateleiras e livros, dizendo aos donos das lojas que eles estavam procurando por ambos. pornografia e publicações religiosas ou “supersticiosas” não autorizadas.

Livrarias perto de escolas e faculdades foram particularmente visadas.

Os crentes locais se ressentiram de uma política que coloca livros religiosos não autorizados e pornografia na mesma categoria. No entanto, essas políticas agora são comuns na China, e imprimir e distribuir Bíblias e outros textos religiosos não autorizados é um “crime” frequentemente punido com as mesmas penalidades da produção e venda de pornografia. https://bitterwinter.org/bookstores-searched-for-illegal-religious-literature-in-henan/

Censura na Internet

A ditadura comunista do PCCh não admite liberdade de expressão. Nesse sentido, tantos governos ocidentais de esquerda também procuram silenciar as Redes Sociais … porque se tornaram conservadoras, anticomunistas. No Brasil é típico exemplo a atitude de combate às Redes Sociais.

Em 12 de março, enquanto as Duas Sessões estavam chegando ao fim, a Administração do Ciberespaço da China lançou uma nova operação de repressão na Internet, desta vez visando a “automídia”, ou seja, notícias criadas e publicadas de forma independente nas mídias sociais ou na Web por internautas independentes que não estão registrados como jornalistas.

Registro de jornalistas não significa na China de Xi Jinping o mesmo que no Ocidente. Jornalista autorizado, doutrinado pelo PCCh tem campo aberto.

A administração (do Ciberespaço) lamenta que alguns produtores de “automídia” imitem as apresentações e o estilo da mídia tradicional para enganar os leitores e aumentar sua credibilidade, mas o problema, como sempre, é que através da “automídia”, comentários e notícias que o PCCh não gosta podem ser publicados e divulgados.

Em outras palavras censura, censura, censura. É nessa forma de censura que se baseiam os admiradores de Xi Jinping que também aqui procuram asfixiar a internet e as redes sociais. https://bitterwinter.org/chinas-new-crackdown-targets-self-media/

* * *

Notícia de BitterWinter: “Um vídeo se tornou viral na China na semana passada, mostrando primeiro um menino batendo em uma pequena estátua do presidente Mao, depois o mesmo menino subjugado, espancado e detido pela polícia.”

Alguns internautas expressaram dúvidas sobre a veracidade da história. No entanto, horas depois, foi publicado um documento supostamente emanado da cidade de Zhumadian, Henan, Departamento de Segurança Pública, datado de 4 de maio, que parece bastante genuíno. Até o momento em que este livro foi escrito, as autoridades da cidade de Zhumadian não reagiram denunciando a história ou o documento como falso.

Continua a notícia:

De acordo com o documento, o menino de 12 anos, cujo sobrenome é Chen, será processado criminalmente apenas se a Procuradoria do Povo agir contra ele.

Até agora, ele recebeu algumas “medidas corretivas”:

  • “(1) uma advertência;
  • (2) uma ordem para se arrepender;
  • (3) uma ordem para relatar regularmente suas atividades;
  • (4) uma ordem para obedecer a normas específicas de conduta;
  • (5) uma ordem para receber aconselhamento psicológico e correção comportamental;
  • (6) uma ordem para participar de atividades de serviço social;
  • (7) uma ordem para aceitar supervisão e controle. https://bitterwinter.org/12-year-old-boy-detained-for-slapping-a-statue-of-chairman-mao/

Se até no Brasil vemos arbitrariedades e violação da Constituição quanto mais em um país governado pelo PCCh, com meio século de regime comunista.

Nossa Senhora Aparecida salve o Brasil das garras da esquerda, desses amigos de Xi Jinping, de Fidel Castro e Maduro.

Detalhes do artigo

Autor

León de La Torre

León de La Torre

261 artigos

Categorias

Tags

Comentários

Seja o primeiro a comentar!

Comentários

Seja o primeiro a comentar!

Tenha certeza de nunca perder um conteúdo importante!

Artigos relacionados