Portal do IPCO
Plinio Corrêa de Oliveira
IPCO em Ação

Leve Esperança ao Sul: Ajude a Distribuir 50.000 Medalhas Milagrosas

Nova derrota da agenda lgbt nos EUA

Tennessee e Kentucky mantêm proibições de cirurgias e medicamentos transgêneros após decisão judicial.


Nova derrota da agenda lgbt nos EUA

Sexto Tribunal de Apelações decide pela Lei Natural, pela ciência, pelo bom senso

Índice

  1. Decisão do Tribunal de Apelações

Tennessee e Kentucky, dois estados americanos que recentemente promoveram leis em defesa das crianças e adolescentes, impedindo a mutilação e medicamentos do sexo oposto, foram alvo da agenda lgbt.

A União Americana pelas Liberdades Civis (ACLU) e o grupo jurídico pró-LGBT Lambda Legal tentaram derrubar as leis por via judicial.

Decisão do Tribunal de Apelações

Entretanto o Tribunal de apelações mantém proibições de cirurgias transgênero e medicamentos para crianças no Tennessee, KentuckyProcedimentos transgêneros perigosos e irreversíveis podem ser proibidos em Kentucky e Tennessee, decidiu o Tribunal de Apelações do Sexto Circuito.

"CINCINATTI, OHIO (LifeSiteNews) – Crianças com confusão de gênero podem ser protegidas de mutilação cirúrgica e química perigosa em Kentucky e Tennessee, às vezes erroneamente chamada de “cuidados de afirmação de gênero”, após uma decisão na quinta-feira."

O juiz de três painéis citou provas médicas substanciais que mostram os perigos destes procedimentos, que também promovem a falsa ideia de que alguém pode mudar de género.

A opinião da maioria dos juízes afirmou:

Kentucky e Tennessee ofereceram evidências consideráveis sobre os riscos destes tratamentos e as falhas nas pesquisas existentes. A administração de bloqueadores da puberdade para prevenir o desenvolvimento puberal pode causar diminuição da densidade óssea, infertilidade e disfunção sexual.

O artigo descreve as conclusões médicas dos riscos para pessoas de ambos os sexos quando submetidos aos procedimentos cirúrgicos ou químicos.

A introdução de altas doses de testosterona em menores do sexo feminino aumenta o risco de eritrocitose, infarto do miocárdio, disfunção hepática, doença arterial coronariana, doença cerebrovascular, hipertensão e câncer de mama e útero. E administrar grandes quantidades de estrogênio a jovens do sexo masculino pode causar disfunção sexual e aumentar o risco de macroprolactinoma, doença arterial coronariana, doença cerebrovascular, colelitíase e hipertrigliceridemia.

Assim como a Suprema Corte americana afirmou (em 2022) que o aborto não tem amparo na Constituição também os dois juízes afirmam que não há um novo “direito” aos procedimentos da mesma forma que os juízes liberais no passado pretendiam encontrar um “direito” ao aborto, à sodomia e ao “casamento” entre pessoas do mesmo sexo na Constituição.

Ponto final.

Uma grande vitória

O procurador-geral do Tennessee, Jonathan Skrmetti, classificou a decisão como “uma grande vitória para a democracia” e escreveu que “representantes eleitos” deveriam decidir estas questões.

Representantes da agenda lgbt sustentam, contra as pesquisas, que essa decisão levaria crianças e jovens a cometerem suicídio. Quando, a experiencia e as estatísticas mostram o alto índice de suicídio exatamente naqueles que se submetem às operações de mudança de sexo.

* * *

Outras vitórias do bom senso e da família

  • No mês passado, o Tribunal de Apelações do 11º Circuito decidiu a favor da lei do Alabama que protege as crianças de intervenções químicas e cirúrgicas prejudiciais.
  • Um juiz federal, citando a decisão do 11º Circuito, manteve os regulamentos da Flórida sobre adultos que recebem procedimentos prejudiciais e irreversíveis.

Os que desejaram acessar uma compilação de artigos que inclui histórias de indivíduos anteriormente confusos em termos de gênero, especialistas médicos e cientistas sociais pode ser encontrada aqui.

A Sagrada Família proteja as crianças e adolescentes dessa agenda lgbt que se volta contra a natureza dada por Deus e contra o veredicto da ciência e da experiência.

Fonte: Life site news

Detalhes do artigo

Autor

Barcelos de Aguiar

Barcelos de Aguiar

330 artigos

Categorias

Tags

Comentários

Seja o primeiro a comentar!

Comentários

Seja o primeiro a comentar!

Tenha certeza de nunca perder um conteúdo importante!

Artigos relacionados